Toda a actualidade sobre ciclismo
publicado por blogdeciclismo | Sábado, 09 Julho , 2011, 17:11

Ainda que estejam longe dos lugares cimeiros, Tiago Machado (RadioShack) e Bruno Pires (Leopard) continuam a subir na Volta à Áustria, prova liderada pelo sueco Fredrik Kessiakoff. O primeiro é 23.º (a 8.41 m), o segundo 33.º (a 14.22). Na 6.ª etapa, Machado foi 43.º e Pires 71.º, a 6 minutos de Van Avermaet.

 

 

 


publicado por blogdeciclismo | Sábado, 09 Julho , 2011, 17:07

Rui Costa, da Movistar, venceu este sábado a 8.ª etapa do Tour, que ligou Aigurande a Super-Besse Sancy.

O ciclista tornou-se o sexto português a ganhar uma etapa no Tour, precisamente um ano depois de Sérgio Paulinho ter conseguido igual feito. O ciclista da Póvoa de Varzim, que faz a sua terceira Volta a França, integrou uma fuga bem sucedida, dando o golpe fatal a cerca de 5 quilómetros da meta.

 

Nem a aproximação do cazaque Alexander Vinokourov, da Astana, impediu Rui Costa de fazer a festa. “É um sonho ganhar uma etapa no Tour. Foi incrível”, disse o ciclista português, de 24 anos.

 

Joaquim Agostinho, Paulo Ferreira, Acácio da Silva, José Azevedo, Sérgio Paulinho e agora Rui Costa são os portugueses que já fazem parte dos laureados da mais emblemática corrida do Mundo.

 

 

 

 


publicado por blogdeciclismo | Sexta-feira, 08 Julho , 2011, 12:45

O ciclista Ricardo Mestre (Tavira-Prio) lidera a 34.ª edição do Troféu Joaquim Agostinho, depois de ter vencido, esta quinta-feira, a primeira etapa, de 161 quilómetros, entre o Ramalhal e Sobral de Monte Agraço, em Torres Vedras.

 

O corredor português cumpriu o percurso em 4:07.28 horas, gastando menos 1.16 minutos do que o espanhol Alejandro Marque (Onda) e 1.18 do que o alemão Ian Bibby (Motorpoint).

 

Ricardo Mestre arrecadou, assim, a camisola amarela, após ter disparado para a liderança nos últimos 20 quilómetros, aumentando a vantagem progressivamente nos últimos quilómetros.

 

O derradeiro teste para a Volta a Portugal prossegue até domingo, num total de 593,7 quilómetros a serem percorridos pelo pelotão, onde não consta o nome de Cândido Barbosa, vencedor de 2010, que recentemente colocou um ponto final na carreira.

 

Classificação da 1.ª etapa:

 

1. Ricardo Mestre, Por (Tavira-Prio), 04:07.28 horas.
2. Alejandro Marque, Esp (Onda), a 01.16 minutos.
3. Ian Bibby, Ale (Motorpoint), a 01.18.
4. David Belda, Esp (Burgos 2016), a 01.21.
5. Sérgio Ribeiro, Por (Barbot-Efapel), m.t.
6. André Cardoso, Por (Tavira-Prio), m.t.
7. Edgar Pinto, Por (LA-Antarte), m.t.
8. Sergey Chernetskiy, Rus (Lokomotiv), m.t.
9. Ricargo Garcia, Esp (Orbea Continental), m.t.
10. Hernâni Broco, Por (LA-Antarte), m.t.

 

 

 

Classificação geral individual:

 

1. Ricardo Mestre, Por (Tavira-Prio), 4:07.15 horas.
2. Alejandro Marque, Esp (Onda), a 1.19 minutos.
3. Ian Bibby, Ale (Motorpoint), a 1.27 minutos.
4. David Belda, Esp (Burgos 2016), a 1.32 minutos.
5. Sérgio Ribeiro, Por (Barbot-Efapel), a 1.34 minutos.
6. André Cardoso, Por (Tavira-Prio), m.t.
7. Edgar Pinto, Por (LA-Antarte), m.t.
8. Serguey Chernetskiy, Rus (Lokomotiv), m.t.
9. Ricardo Garcia, Esp (Orbea Continental), m.t.
10. Hernâni Broco, Por (LA-Antarte), m.t.

 


publicado por blogdeciclismo | Sexta-feira, 08 Julho , 2011, 12:34

O norueguês Edvald Boasson Hagen (Sky) foi o vencedor da 6.ª etapa do Tour’2011 depois de bater ao sprint o australiano Matthew Goss (HTC Highroad) e o compatriota Thor Hushovd (Garmin), segundo e terceiro classificados, respetivamente.

 

 Thor Hushovd mantém assim a camisola amarela, numa tirada em que o pelotão chegou reduzido ao final face à última subida do dia – a 2 km da meta -, que impossibilitou vários sprinters de lutar pela vitória, entre eles Mark Cavendish, Farrar, Greipel e Petacchi.

 

A maioria dos favoritos à vitória final na prova francesa chegaram integrados no grupo da frente, que contava com apenas 62 ciclistas, entre eles Alberto Contador e Andy Schleck.

 

A exceção foi o norte-americano Levi Leipheimer (RadioShack) que cortou a meta a 1,05 minutos do vencedor da etapa, que fircou marcada pela chuva que caiu ao longo de todo o percurso.

 

Rui Costa (Movistar) foi o melhor português, tendo chegado no 65.º posto, a 26 segundos. Na geral ocupa o 66.º lugar a 4,02 minutos da camisola amarela.

Já Sérgio Paulinho foi 176.º e perdeu 12,26 minutos, ocupando agora a 174.ª posição, a 21,46 minutos da liderança.

 

Classificação 6.ª etapa:

 

Dinan-Lisieux, 226,5 quilómetros

 

1. Edvald Boasson Hagen (Noruega/Sky), 5.13,37 horas
2. Matthew Goss (Austrália/HTC Highroad), m.t.
3. Thor Hushovd (Noruega/Garmin), m.t.
4. Romain Feillu (França/Vacansoleil), m.t.
5. Jose Joaquin Rojas (Espanha/Movistar), m.t.
6. Arthur Vichot (França/FDJ), m.t.
7. Philippe Gilbert (Bélgica/Omega), m.t.
8. Gerald Ciolek (alemanha/Quick Step), m.t.
9. Marco Marcato (Itália/Vacansoleil), m.t.
10. Arnold Jeannesson (frança/FDJ), m.t.
(…)
12. Cadel Evans (Austrália/BMC), m.t.
15. Andreas Kloden (Alemanha/RadioShack), m.t.
22. Alexandre Vinokourov (Cazaquistão/Astana), m.t.
28. Samuel Sanchez (Espanha/Euskaltel-Euskadi), m.t.
31. Andy Schleck (Luxemburgo/Leopard-Trek), m.t.
40. Frank Schleck (Luxemburgo/Leopard-Trek), m.t.
41. Damiano Cunego (Itália/Lampre), m.t.
48. Alberto Contador (Espanha/Saxo Bank), m.t.
50. Ivan Basso (Itália/Liquigas), m.t.
65. Rui Costa (Portugal/Movistar), a 26 s
91. Levi Leipheimer (Estados Unidos/RadioShack), a 1,05 m
101. Mark Cavendish (HTC Highroad), a 1,44 m
120. Fabian Cancellara (Suíça/Leopard-Trek), a 2,23 m
176. Sérgio Paulinho (Portugal/RadioShack), a 12,26 m

 

Classificação Geral:

 

1. Thor Hushovd (Noruega/Garmin-Cérvelo), 17.36,57 horas
2. Cadel Evans (Austrália/BMC), a 1 s
3. Frank Schleck (Luxemburgo/Leopard-Trek), a 4 s
4. David Millar (Grã-Bretanha/Garmin-Cérvelo), a 8 s
5. Andreas Kloden (Alemanha/RadioShack), a 10 s
6. Bradley Wiggins (Grã-Bretanha/Sky), m.t.
7. Geraint Thomas (Grã-Bretanha/Sky), a 12 s
8. Edvald Boasson Hagen (Noruega/Sky), m.t.
9. Jakob Fuglsang (Dinamarca/Leopard-Trek), m.t.
10. Andy Schleck (Luxemburgo/Leopard-Trek), m.t.
11. Tony Martin (Alemanha/HTC-Highroad), a 13 s
12. Peter Velits (Eslováquia/HTC-Highroad), m.t.
13. Cristopher Horner (Estados Unidos/RadioShack), a 18 s
14. Robert Gesink (Holanda/Rabobank), a 20 s
15. Alexandre Vinokourov (Cazaquistão/Astana), a 32 s
16. Philippe Gilbert (Bélgica/Omega Pharma-Lotto), a 33 s
17. Jurgen van den Broeck (Omega Pharma-Lotto), a 39 s
(…)
20. Ivan Basso (Itália/Liquigas), a 1,03 m
24. Damiano Cunego (Itália/Lampre), 1,12 m
31. Levi Leipheimer (Estados Unidos/RadioShack), a 1,23 m
34. Alberto Contador (Espanha/Saxo Bank), a 1,42 m
53. Samuel Sanchez (Espanha/Euskaltel-Euskadi), a 2,36 m
66. Rui Costa (Portugal/Movistar), a 4,02 m
174. Sérgio Paulinho (Portugal/RadioShack), a 21,46 m

 

 

 

 


publicado por blogdeciclismo | Quarta-feira, 06 Julho , 2011, 20:06

O  francês Alexandre Geniez (Skil-Shimano) conquistou esta quarta-feira a 4.ª etapa da Volta à Áustria, que ligou Matrei a Sankt-Johann. A camisola amarela continua a pertencer ao sueco Frederik Kessiakoff.

 

Quanto à prestação portuguesa, Tiago Machado (RadioShack) terminou a etapa na 30.ª posição - a 59 segundos do vencedor - e manteve o 26.º posto da classificação geral.

 

Já Bruno Pires (Leopard), ascendeu à 41.ª posição da geral, após ter cortado a meta no 39.º posto.

 

Classificação da 4.ª etapa:

1. Alexandre Geniez (França/Skil-Shimano), 5h30.00
2. Johannes Fröhlinger (Alemanha/Skil-Shimano) a 15 segundos
3. Alexandr Pliuschin (Moldávia/Katjuscha) a 36
4. Fredrik Kessiakoff (Suécia/Astana) a 41.
5. Mauro Santambrogio (Itália/BMC) a 41
...
30.Tiago Machado (Portugal/RadioShack) a 59
39. Bruno Pires (Portugal/Leopard) a 1.46 minutos

Classificação geral:

1. Fredrik Kessiakoff (Suécia/Astana) 16h54:37
2. Mauro Santambrogio (Itália/BMC) a 1.18 minutos
3. Leopold Koenig (Rep. Checa/Team NetApp) a 1.26.
4. Carlos Sastre (Espanha/Geox-TMC) a 1.34.
5. Thomas Rohregger (Áustria/Leopard) a 1.46.
...
26. Tiago Machado (Portugal/RadioShack) a 8.31
41. Bruno Pires (Portugal/Leopard Trek) a 14.12

 


publicado por blogdeciclismo | Quarta-feira, 06 Julho , 2011, 20:05

Ao quinto dia do Tour’2011 surgiu finalmente uma vitória de Mark Cavendish (HTC Highroad), que foi o mais forte na chegada a Cap Fréhel batendo a concorrência ao sprint, depois de uma etapa muito atribulada que ficou marcada pelas constantes quedas.

O ciclista britânico estreou-se a vencer em 2011 na prova francesa, alcançando assim o seu 16.º triunfo da carreira na Grand Boucle.

 

Cavendish superou sobre a linha de meta o belga Philippe Gilbert (Omega), que foi segundo, tendo o campeão espanhol Joaquín Rojas Gil (Movistar) ficado em terceiro.

O camisola amarela Thor Hushovd (Garmin) chegou no 10.º lugar e manteve a liderança, com 1 segundo de vantagem sobre Cadel Evans (BMC) e 4 sobre Fränk Schleck (Leopard-Trek).

 

Durante a tirada o destaque foi para o grande número de ciclistas - mais de uma dezena - afetados por quedas. Uma delas obrigou o esloveno Janez Brajkovic (RadioShack) a abandonar o Tour, depois de ter ficado muito mal tratado.

Também Alberto Contador (Saxo Bank), Robert Gesink (Rabobank), Tom Boonen (Quickstep) e o próprio Cavendish, por exemplo, ficaram envolvidos em quedas.

 

Rui Costa foi o melhor português da etapa depois de cortar a meta no 65.º lugar, integrado no pelotão. O ciclista da Movistar está agora na 73.ª posição da geral, a 3,36 minutos da camisola amarela.

Já Sérgio Paulinho (RadioShack) foi 180.º e perdeu hoje 4,29 minutos, ocupando agora a 131.ª posição da geral, a 9,20 do líder.

 

Classificação 5.ª etapa:

 

Carhaix-Cap Fréhel, 164.5 km

 

1. Mark Cavendish (Grã-Bretanha/HTC-Highroad), 3.38,32 horas
2. Philippe Gilbert (Bélgica/Omega Pharma-Lotto), m.t.
3. Jose Joaquín Rojas (Espanha/Movistar), m.t.
4. Tony Gallopin (França/Cofidis), m.t.
5. Geraint Thomas (Grã-Bretanha/Sky), m.t.
6. André Greipel (Alemanha/Omega Pharma-Lotto), m.t.
7. Sébastien Hinault (França/AG2R La Mondiale), m.t.
8. William Bonnet (França/FDJ), m.t.
9. Daniel Oss (Itália/Liquigas), m.t.
10. Thor Hushovd (Noruega/Garmin-Cérvelo), m.t.
11. Cadel Evans (Austrália/BMC), m.t.
12. Andreas Kloden (Alemanha/RadioShack), m.t.
13. Arnold Jeanesson (França/FDJ), m.t.
14. Stuart O’Grady (Austrália/Leopard-Trek), m.t.
15. Jurgen van den Broeck (Omega Pharma-Lotto), m.t.
(…)
18. Bradley Wiggins (Grã-Bretanha/Sky), m.t.
25. Samuel Sanchez (Espanha/Euskaltel-Euskadi), m.t.
26. Tony Martin (Alemanha/HTC-Highroad), m.t.
28. Alexandre Vinokourov (Cazaquistão/Astana), m.t.
35. Alberto Contador (Espanha/Saxo Bank), m.t.
38. Damiano Cunego (Itália/Lampre), m.t.
41. Frank Schleck (Luxemburgo/Leopard-Trek) , m.t.
42. Robert Gesink (Holanda/Rabobank), m.t.
48. Ivan Basso (itália/liquigas), m.t.
49. Andy Schleck (Luxemburgo/Leopard-Trek), m.t.
59. Levi Leipheimer (Estados Unidos/RadioShack), m.t.
65. Rui Costa (Portugal/Movistar), m.t.
97. Tyler Farrar (Estados Unidos/Garmin-Cérvelo), m.t.
114. Alessandro Petachi (Itália/Lampre), a 32 s
146. Fabian Cancellara (Suíça/Leopard-Trek), a 1,49 m
180. Sérgio Paulinho (Portugal/RadioShack), a 4,29 m
194. Tom Boonen (Bélgica/QuickStep), a 13,08 m

 

Classificação Geral:

 

1. Thor Hushovd (Noruega/Garmin-Cérvelo), 17.36,57 horas
2. Cadel Evans (Austrália/BMC), a 1 s
3. Frank Schleck (Luxemburgo/Leopard-Trek), a 4 s
4. David Millar (Grã-Bretanha/Garmin-Cérvelo), a 8 s
5. Andreas Kloden (Alemanha/RadioShack), a 10 s
6. Bradley Wiggins (Grã-Bretanha/Sky), m.t.
7. Geraint Thomas (Grã-Bretanha/Sky), a 12 s
8. Edvald Boasson Hagen (Noruega/Sky), m.t.
9. Jakob Fuglsang (Dinamarca/Leopard-Trek), m.t.
10. Andy Schleck (Luxemburgo/Leopard-Trek), m.t.
11. Tony Martin (Alemanha/HTC-Highroad), a 13 s
12. Peter Velits (Eslováquia/HTC-Highroad), m.t.
13. Cristopher Horner (Estados Unidos/RadioShack), a 18 s
14. Levi Leipheimer (Estados Unidos/RadioShack), m.t.
15. Robert Gesink (Holanda/Rabobank), a 20 s
16. Alexandre Vinokourov (Cazaquistão/Astana), a 32 s
17. Philippe Gilbert (Bélgica/Omega Pharma-Lotto), a 33 s
18. Jurgen van den Broeck (Omega Pharma-Lotto), a 39 s
(…)
21. Ivan Basso (Itália/Liquigas), a 1,03 m
25. Damiano Cunego (Itália/Lampre), 1,12 m
39. Alberto Contador (Espanha/Saxo Bank), a 1,42 m
53. Samuel Sanchez (Espanha/Euskaltel-Euskadi), a 2,36 m
73. Rui Costa (Portugal/Movistar), a 3,36 m
81. Mark Cavendish (Grã-Bretanha/HTC-Highroad), a 4,42 m
97. Alessandro Petachi (Itália/Lampre), a 6,09 m
99. Fabian Cancellara (Suíça/Leopard-Trek), a 6,10 m

 


publicado por blogdeciclismo | Quarta-feira, 06 Julho , 2011, 14:39

A quinta etapa do Tour 2011 parte esta quarta-feira da localidade de Carhaix, por volta das 11.05 horas, horário de Lisboa, com destino a Cap Fréhel, num percurso com 164,5 quilómetros, maioritariamente plano. A prova deverá terminar por volta das 16.40 horas.

A maior dificuldade do dia é o Côte de Gurunhel, uma subida de quarta categoria, seguida de uma longa descida.

Os últimos 70 quilómetros serão percorridos junto ao mar.
A ligação entre Carhaix e Cap Fréhel é mais vocacionada aos sprinters.

 


 


publicado por blogdeciclismo | Quarta-feira, 06 Julho , 2011, 14:37

Jens Keukeleire (Cofidis) conquistou esta terça-feira a 3.ª etapa da Volta à Áustria, que ligou Kitzbühel a Prägraten. O ciclista belga superiorizou-se ao sul-africano Datyl Daryl e ao dinamarquês Jonas Aaen Jörgensen, ao sprint.

O líder da competição continua a ser o sueco Fredrik Kessiakoff (Astana).

 

Destaque para Tiago Machado (RadioShack) que, ao cortar a meta na 29.º posição - a 27 segundos do vencedor -, ascendeu ao 26.º lugar na classificação geral.

Quanto a Bruno Pires (Leopard), ficou em 71.º na etapa e desceu para a 55.ª posição da geral.


Classificação da 3.ª etapa:

1. Jens Keukeleire (Bélgica/Cofidis), 4h17:08.
2. Daryl Impey (África do Sul/App Team), m.t.
3. Jonas Aaen Jörgensen (Dinamarca/Saxo Bank), m.t.
4. Greg van Avermaet (Bélgica/BMC), m.t.
5. Mauro Santambrogio (Itália/BMC), m.t.
...
29 Tiago Machado (Portugal/RadioShack), a 27 segundos
71 Bruno Pires (Portugal/Leopard Trek) 4.58 minutos

Classificação geral:

 

1. Fredrik Kessiakoff (Suécia/Astana), 11h23:47
2. Mauro Santambrogio (Itália/BMC) à 1.18 minutos
3. Leopold Koenig (Rep. Checa/Team NetApp) a 1.25
4. Carlos Sastre (Espanha/Geox-TMC) 1.32
5. Thomas Rohregger (Áustria/Leopard Trek) a 1.44.
...
26. Tiago Machado (Portugal/RadioShack), 8.13
55. Bruno Pires (Portugal/Leopard Trek), a 13.07

 

 


publicado por blogdeciclismo | Quarta-feira, 06 Julho , 2011, 14:31

O ciclista australiano, Cadel Evans (BMC), venceu, esta terça-feira, a 4.ª etapa do Tour, entre Lorient e Mur de Bretagne (172,5 km), batendo sobre a linha da meta, com recurso ao photo-finish, o espanhol Alberto Contador (Saxo Bank), que tentou atacar a liderança na última subida.

Apesar dos sucessivos ataques no último quilómetro, com uma subida acentuada, o pelotão não se desmembrou, pelo que o noruegês Thor Hushovd conservou a camisola amarela.

4.ª ETAPA

 

Lorient–Mûr-de-Bretagne, 172,5 km

 

1.º Cadel Evans (AUS), BMC, 4:11.39h
2.º Alberto Contador (ESP), Saxo Bank, m.t.
3.º Alex Vinokourov (Caz), Astana, m.t.
4.º Rigoberto Uran (COL),Sky Procycling, m.t.
5.º Philippe Gilbert (BEL), Omega, m.t.
6.º Thor Hushovd (NOR), Garmin, m.t.
7.º Fränk Schleck (LUX), Leopard Trek, m.t.
8.º Samuel Sanchez (ESP), Euskaltel, m.t.
9.º Van Den Broeck (BEL), Omega, m.t.
10.º Andreas Klöden (ALE), RadioShack, m.t.
11.º Bradley Wiggins (GBR), Sky Procycling, a 6 s
12.º Joaquin Rojas (ESP), Movistar Team, m.t.
13.º Ivan Basso (ITA), Liquigas, m.t.
14.º Damiano Cunego (ITA), Lampre-ISD, a 8 s
15.º Roman Kreuziger (CHE), Astana, m.t.
16.º Christopher Horner (USA), Team RadioShack, m.t.
17.º Robert Gesink (HOL), Rabobank, m.t.
18.º Dries Devenyns (BEL), Quickstep, m.t.
19.º Ryder Hesjedal (CAN), Garmin, m.t.
20.º Levi Leipheimer (EUA), RadioShack, m.t.
21.º Tony Martin (ALE), HTC-Highroad, m.t.
22.º David Millar (GBR), Garmin, m.t.
23.º Andy Schleck (LUX), Leopard Trek, m.t.
34.º Janez Brajkovic (ESL), RadioShack, m.t.
40.º Rui Costa (POR), Movistar, m.t.
103.ºAless Petacchi (ITA), Lampre-ISD, a 2,06 m
109.ºSérgio Paulinho (POR), RadioShack, a 2,22 m
150.ºMark Cavendish (GBR), HTC, a 4,17 m

Geral individual

 

1.º Thor Hushovd (NOR), Garmin, 13:58.25h
2.º Cadel Evans (AUS), BMC, a 1 s
3.º Fränk Schleck (LUX), Leopard Trek, a 4 s
4.º David Millar (GBR), Garmin, a 8 s
5.º Andreas Klöden (ALE), RadioShack, a 10 s
6.º Bradley Wiggins (GBR), Sky Procycling, m.t.
7.º Geraint Thomas (GBR), Sky Procycling, a 12 s
8.º Boasson Hagen (NOR), Sky Procycling, m.t.
9.º Andy Schleck (LUX), Leopard Trek, m.t.
10.º Jakob Fuglsang (DIN), Leopard Trek, m.t.
11.º Tony Martin (ALE), HTC-Highroad, a 13 s
12.º Peter Velits (ESL), HTC-Highroad, m.t.
13.º Tejay Van Garderen (EUA), HTC, m.t.
14.º Christopher Horner (EUA), Team RadioShack, a 18 s
15.º Levi Leipheimer (EUA), RadioShack, m.t.
16.º Janez Brajkovic (ESL), RadioShack, m.t.
17.º Robert Gesink (HOL), Rabobank, a 20 s
18.º Alex Vinokourov (CAZ), Astana, a 32 s
19.º Philippe Gilbert (BEL), Omega, a 33 s
20.º Jurgen Van Den Broeck (BEL), Omega, a 39 s
23.º Ivan Basso (ITA), Liquigas, a 1.03 m
26.º Damiano Cunego (ITA), Lampre-ISD, a 1.12 m
41.º Alberto Contador (ESP), Saxo Bank, a 1.42 m
57.º Samuel Sanchez (ESP), Euskaltel, a 2.36 m
81.º Rui Costa (POR), Movistar, a 3.36 m
92.º Fabian Cancellara (SUI), Leopard Trek, a 4.21 m
94.º Mark Cavendish (GBR), HTC, a 4.22 m
101.ºSérgio Paulinho (POR), RadioShack, a 4.51 m
110.ºAless Petacchi (ITA), Lampre-ISD, a 5.37 m

 

Outros líderes

 

Pontos

 

1.º Joaquin Rojas (ESP), Movistar, 82
2.º Cadel Evans (AUS), BMC, 80
3.º Philippe Gilbert (BEL), Omega, 77

Montanha

 

1.º Cadel Evans (AUS), BMC, 2
2.º Philippe Gilbert (BEL), Omega, 1
3.º Mickaël Delage (FRA), FDJ, 1

 

Juventude

 

1.º Geraint Thomas (GBR), Sky Procycling, 13:58.37h
2.º Boasson Hagen (NOR), Sky Procycling, m.t.
3.º Van Garderen (EUA), HTC-Highroad, a 1 s
22.º Rui Costa (POR), Movistar, a 22.34m

 

 


publicado por blogdeciclismo | Terça-feira, 05 Julho , 2011, 12:56

O ciclista Edgar Pinto (LA-Antarte) venceu este domingo a 32.ª edição do Grande Prémio Abimota - Região de Aveiro, com dois segundos de vantagem sobre César Fonte (Barbot), que sábado tinha assumido a liderança da prova.

 

Edgar Pinto que terminou a prova com o tempo total de 7:22.17 horas, depois de ter sido terceiro na etapa de hoje, a segunda, que ligou a Praia da Barra a Águeda, na distância de 134 quilómetros.

 

O corredor da equipa de Paredes terminou com o mesmo tempo do vencedor, o sub-23 António Carvalho (Mortágua-Basi), que se impôs-se ao sprint a Marco Cunha (Paupervale-Valongo) e foi cronometrado em 3:18.04 horas, rodando a uma média de 40,952 km/hora.

 

A bonificação do terceiro posto e os quatro segundos ganhos para o restante pelotão acabaram por dar a vitória final a Edgar Pinto, por troca com o anterior líder, César Fonte, oitavo na etapa de hoje.

 

Edgar Pinto venceu também a classificação por pontos, enquanto a Barbot-Efapel foi a melhor por equipas.

 


pesquisar neste blog
 
blogs SAPO
subscrever feeds